terça-feira, 28 de dezembro de 2010

PRESENTES DE NATAL

Através da Internet, tive a oportunidade de conhecer virtualmente e na vida real, pessoas incríveis,  com as quais, converso, desabafo, confidencio, troco idéias, recebo apoio, mostro meus trabalhos de patch e bordados e é através desta telinha que damos risada, choramos, oramos umas pelas outras.


A amizade de todas vocês tem sido sempre uma benção muito grande em minha vida.  Com todas tenho aprendido muita coisa e acredito que eu esteja me tornando uma pessoa melhor, com toda a riqueza desta amizade.


Nesta Natal recebi lindas mensagens,  surpresas, presentes e cartões que chegaram também através dos correios, carinhos especiais que alegraram meu coração nesta data festiva.


Os cartões foram colocados ao pé do nosso singelo Pinheirinho de Natal.


Agradeço a Deus por vocês existirem na minha vida.
Muito, muito obrigada.
E que 2011 que já está chegando, seja um lindo ano para todas vocês e seus familiares.
abraços,
Ivani

Bordas

O ano está terminando.
Consegui também terminar a preparação dos últimos blocos dos acolchoados das Crianças de 2010 de Palmas e Brasília, que foram apresentadas este ano no Love Quilts Brasil. Ainda esta semana os últimos 5  kits com blocos, tecidos e lay-out seguirão para a confecção. Que maravilha!!!


Para o acolchoado de amor da TALITA VITÓRIA, montei as bordas. 
A ídeia originalmente era  utilizar um tecido liso que combinasse com os blocos de patch, mas ai decidi montar  Piano Borders como as que fiz para o acolchoado do DANILO , apresentado em 2008,  desta vez com tecidos coloridos e que combinassem  com o tecido estampado dos blocos de patch e com o tecido (verde cítrico) com estampa dos Ursinhos Carinhosos que foi doado ao projeto junto com um dos blocos que estará sendo usado na almofada. Por fim, outra idéia surgiu e acabei fazendo uma 2ª. borda com o tecido liso para dar um fechamento no topo central...por enquanto o resultado foi este.


Acho que ficará bem alegre, vamos ver quando o acolchoado estiver pronto.
O que você acha?


Abraços,
Ivani

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

BOLO GELADO DE CHOCOLATE E MARACUJÁ

Bolo Gelado de Chocolate e Maracujá


Ingredientes Bolo
3 colheres (sopa) de margarina
1 e 1/4 de xícara de açúcar
4 gemas
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de chocolate em pó
1 colher (café) de bicarbonato de sódio (não coloquei)
1/2 xícara (chá) de leite
4 claras em neve

Modo de preparo:
1 - unte a forma com margarina e polvilhe farinha de trigo
2 - Preaqueça o forno em temperatura média (200°C)
3 - Na batedeira bata a margarina com o açúcar até obter um creme fofo e esbranquiçado. 
4 - Junte as gemas até ficar homogêneo
5 - Peneire a farinha com o chocolate, o bicarbonato e o fermento. 
6 - Junte essa mistura ao creme alternando com o leite, misturando, sem bater.
7- Agrege delicadamente as claras em neve
8- Despeje a massa na forma e leve ao forno por 35 a 40 minutos, ou até que espetando um palito no centro, ele saia limpo.
9 - Desenforme morno e deixe esfriar sobre uma grade.

Recheio: Mousse de Maracujá
2 latas de leite condensado
1 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
2 colheres (sopa) de manteiga
250g de creme de leite gelado para chantilli

Modo de Preparo:
1 - Leve ao fogo médio o leite condensado com o suco de maracujá e a manteiga. Cozinhe, mexendo sempre, até começar a se soltar do fundo da panela. Retire do fogo e deixe esfriar em temperatura ambiente.
2 - Bata o creme de leite com o açúcar até formar picos firmes.
3 - Agrege o chantili  ao brigadeiro de maracujá.

Calda de Maracujá:
1/2 xícara (chá) de açúcar
1/2 xícara (chá) de água
1/2 xícara (chá) de suco de maracujá concentrado
1 colher de amido de milho
Opcional: polpa de 1 maracujá com sementes

Modo de Preparo:
1 - Ferva os ingredientes em fogo médio por 5 minutos , engrosse com o amido de milho dissolvido em um pouquinho de água, e se desejar misture a polpa com as sementes

Montagem:
Divida o bolo em quantas camadas desejar.
Coloque uma fatia do bolo.
Regue com a calda
Coloque recheio
Repita a operação, a ultima camada deverá ser de bolo.
Cubra com papel alumínio e leve a geladeira por no mínimo 2 horas
Ao retirar da geladeira regue com a calda restante.
Opcional: enfeite com raspas de chocolate

E, prepare-se, vai ser difícil parar de comer eheheh
é uma DELÍCIA como sobremesa, lanche da tarde, café da manhã...
No dia seguinte fica melhor ainda.
Não é um bolo para se comer todo dia, é bem trabalhoso mas fica, muito, muito bom mesmo ... 
simplesmente MA-RA-VI-LHO-SO, hummmmm uma verdadeira perdição.

Aceita um pedaço?
Abraços,
Ivani







sábado, 18 de dezembro de 2010

MUG RUG

Para aproveitar alguns pequenos retalhinhos, fiz este MUG RUG (= tapetinho de caneca), um mini quilt,  combinando com a caneca que uso nesta época de Natal.
Foi rápido e divertido fazer. 
Adorei o resultado.


Dados técnicos:
Técnicas: Piecing e Aplicação
Quilting: In the Ditch e livre 
Binding: viés Francês
Tamanho final: 22 cm X 13,5 cm


Boas Festas!
Ivani



quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

MÚSICA DE NATAL

Gosto muito de ouvir música, curto vários estilos.
E nesta época do ano adoro ouvir Música de Natal, é uma maneira gostosa de entrar no clima.

Os primeiros discos de Natal que me lembro eram da tia Esther, 78 rotações e que era tocado em um imponente móvel de madeira, o  toca discos com rádio AM, era  bem grande (maior do que uma máquina de lavar moderna), e ficava no canto da sala da casa dos meus avós, ao lado do buffet e cristaleira.
Junto com a música ouvíamos o chiado do atrito da agulha na bolacha do disco, mas mesmo assim era o máximo. E no dia de Natal, minha tia sempre colocava esses discos para tocar e distrair a criançada (eu, meus primos e sobrinhos) enquanto as mulheres adultas da família preparavam o almoço e ajeitavam a mesa, que era montada no quiltal embaixo de uma grande e frondosa parreira de uvas.

Talvez herança dessa época, acabei desenvolvendo gosto pelos discos de Natal. Tenho vários, incluindo um Long-Play de vinil de 1985 – Once upon a Christmas – Kenny & Dollyque foi o primeiro que comprei após ter assistido ao especial de TV – Natal InsesquecívelOs demais CD’s fui comprando ano após ano.
Todos os dias desde que nossa árvore de Natal é montada, reservo um tempo para ouvir pelo menos um CD.

Há alguns anos atrás descobri na internet o Accuradio.com  no período das Festas eles disponibilizam vários canais com  músicas de Natal, em Hollidays Radio 
as músicas  estão separadas por estilo, idade ou músicas específicas e só para as Festas de Final de Ano são mais de 40 canais com muitoss CD’s em cada:


A cada música que toca, na aba Now Playing,  eles disponibilizam a foto da capa do CD, titulo, nome da música, do artista, do compositor e da gravadora, além do ano em que o álbum foi publicado, e ainda tem a lista dos artistas do canal, onde é possível, com um clique, remover da relação  e ele não tocará na sua seleção.

Assim, mesmo estando no computador, posso  continuar com o espírito natalino curtindo um som bem legal.

E por falar em música, recebi esta dica da amiga Aracy, sobre uma apresentação inusitada de um coral que se apresenta na praça de alimentação de um Shopping, vale a pena assistir:

Espero que gostem das dicas e curtam como eu ouvir uma boa música de Natal.

Boas Festas!
Ivani

sábado, 11 de dezembro de 2010

PINHEIRINHO DE NATAL

Um dos símbolos da comemoração do Natal é a árvore de Natal, geralmente um pinheiro, iluminada com séries de lâmpadas minúsculas, coloridas ou brancas, com ou sem pisca-pisca. 

Quando eu era criança, na casa de meus pais sempre era montado um pinheirinho de Natal, árvore artificial, com galhos esticados e sem muito volume, verde escuro, de cerdas curtas e duras. Minha mãe tinha uma caixa onde guardava todos os enfeites, e me lembro que a ajudava com a decoração da árvore de Natal. Era tão emocionante abrir a caixa e ir pegando, com todo cuidado, cada um dos enfeites, que imagino o quanto meus olhos brilhavam. 

A decoração era a mesma todo ano, tínhamos bolas decoradas, pingos, pingentes, papai noel, coração, estrelas, botas, pombinhas e todos a cada ano iam ficando cada vez mais desbotados. Ah, e também velinhas coloridas, com suporte e prendedor para serem colocadas na ponta de cada galho (e eu lembro que sempre ficava intrigada com as velinhas pois elas nunca eram acesas - ainda bem, pois poderiam provocar um grande incêndio!), e uma ponteira dourada, que eu achava linda. Tínhamos também um cordão  com umas 12  luzinhas coloridas,  todo ano tinha alguma lâmpada para trocar, pois se queimavam com facilidade, e o pisca-pisca era um acessório extra, instalado na tomada.  Nossa árvore era colocada em cima da cristaleira e embaixo dela, ao invés dos presentes, colocávamos muitos cartões de Natal que  recebíamos pelos correios dos amigos e parentes.

Conforme fui crescendo, comecei a achar feia nossa árvore e por fim quando eu já era adocelesnte, minha mãe acabou comprando uma nova, menor, toda prateada e  com todas as bolas do mesmo tamanho e azuis, era a sensação da época.

A família toda sempre se reunia para festejar o Natal. Meus avós por parte de pai, tia, primos, meus pais, irmãos, cunhadas e sobrinhos. Era uma grande alegria.

Agora aqui lembrando do nosso primeiro pinheirinho de Natal tão simples, fiquei emocionada, com os olhos marejando e o coração sentindo saudades dos queridos que já se foram e dos momentos felizes que passamos junto ao Pinheirinho de Natal...

No livreto Ilumine seu Natal - de Marcos de Benedicto encontrei a seguinte explicação:
"O Pinheirinho de Natal é uma tradição alemã.
Surgiu, talvez, com Martinho Lutero (1483-1546), o pai do protestantismo.
Diz-se que, andando pela floresta numa noite de Natal, ele viu as estrelas brilhando por entre os galhos, cobertos de neve, dos pinheiros; impressionado, teve a idéia de iluminar um galho com velas, dentro de casa, para alegrar os filhos. A idéia pegou, e a árvore virou símbolo de Natal em todo o mundo." 


O primeiro Pinheirinho lá de casa, tão simples,  presenciou muito amor e união entre todos da nossa família.
Sou grata a Deus por isso
Abraços,
Ivani

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...