terça-feira, 7 de janeiro de 2014

Os Doze Pontos de Ouro

Sempre que um novo ciclo se inicia, as pessoas fazem uma lista de  metas a serem alcançadas. Por experiência, não adianta colocá-las no papel e esperar que tendo sido relacionadas elas sejam atingidas.

É preciso se organizar para atingir o objetivo e definir quais tarefas deverão ser feitas para conseguir a meta. Enquanto pensava sobre isto, lembrei de um livro que li há alguns anos atrás e decidi ler novamente.

Na primeira linha da introdução do livro DOZE PONTOS DE OURO - Aliske Webb (título original TWELVE GOLDEN THREADS), encontrei a seguinte frase:

"Se você tiver sorte possui um quilt que herdou de uma avó ou talvez de uma bisavó. E em seu bordado toda a história da família. Os delicados pontos ligam você às tias, mãe, irmãs e demais antecessoras numa elaborada configuração de amor e criatividade."

Eu não tive exatamente esta sorte. Embora minha mãe fosse super hábil em trabalhos manuais: costura, tricô e crochê. Nunca se dedicou ao Patchwork.


Tenho sim lindos trabalhos em crochê. Esta linda colcha ela fez especialmente para mim. Aprendi com ela a fazer tricô, crochê e bordar. 

Minha tia sim fez alguns trabalhos com retalhos, mas infelizmente não herdei nenhum. Em março de 2009 ajudei a recuperar um String Quilt que ela fez, e que herdado por meu irmão e cunhada Mostrei aqui.

Mas, tive sim muita sorte. 
Não é qualquer pessoa que tem uma colcha linda como esta feita pela mamãe!

Quanto amor, paciência e criatividade colocado em cada ponto! É um lindo trabalho de amor.

Neste inicio de ano quero assumir o compromisso de dar vida a alguns trabalhos iniciados em anos anteriores e que não puderam ser concluídos até hoje. Não quero me desfazer de nenhum deles. Mas também não quero que eles fiquem para meus filhos como trabalhos inacabados e acabem sem nenhum valor. Eles foram colocados de lado por algum impedimento momentâneo como a falta do tecido adequado para usar no forro, o encantamento por algum novo projeto ou até por algum problema de saúde que me impediu de continuar trabalhando neles.  Mas como gosto muito de todos, só preciso dar um jeito de dar vida a eles, para que eles possam ser úteis, usáveis e que um dia sejam herdados e levem recordações e amor as gerações futuras. Sim, porque sempre colocamos amor em cada pontinho!
Não digo que irei terminar todos (são muitos), são trabalhos que estão parados em diversas fases e muitos deles requerem um grande volume de trabalho e tempo, não dá pra fazer do dia pra noite, mas vou me esforçar, para a fila andar. Subir um degrau por vez e não a escada toda em um único passo. Estou acreditando que será possível, estou entusiasmada e disposta a criar hábitos úteis, importantes para que a meta seja atingida.

Quando a pessoa acredita que pode fazer algo, ela faz! não é mesmo?
Ponto de ouro Nº 1: Assumir um compromisso.
Ponto de ouro Nº 2: Estabelecer uma meta
Estou me juntando ao "A Lovely Year of Finishes - 2014", este é meu objetivo em 2014, ter um Lindo Ano de Trabalhos Terminados.

Meu objetivo para Janeiro é terminar o quilt One Block Wonder  que foi iniciado em abril de 2010. 

Topo ficou pronto  em 17 de maio do mesmo ano.

Depois disso ele entrou no baú dos Ufos e nunca mais saiu de lá.

O que precisa ser feito:
Montar o sanduíche, acolchoar e colocar o viés.

Vamos ao trabalho!

2 comentários :

  1. This crochet spread is just breathtaking! Your mother : very talented and clearly you take after her as your quilt the one block wonder...so lovely ! :)

    ResponderExcluir

Que bom que você vai deixar um comentário.
Seus comentários me incentivam e me fazem feliz.
É bom receber sua visita.
Obrigada!
Your comnents makes me happy. Thanks.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...