quinta-feira, 12 de abril de 2018

Manual de Instruções - VIGORELLI ROBOT ZZA - parte 1

foto encontrada na internet
Resultado de longos anos de avançadas pesquisas e experiências, feitas pelos técnicos da Vigorelli Italiana e seguidas pela Vigorelli do Brasil, esta nova máquina vem juntar-se aos outros famosos modêlos Vigorelli, para formar a mais admirável linha de máquinas de costura do Brasil.

A máquina de costura ZZ/A ROBOT, com discos incorporados e mudança automática, é o que de mais perfeito e completo se possa imaginar no campo das máquinas de costura.

Esta máquina de emprego universal, além do serviço normal em zig-zag, permite a costureira, mesmo não sendo prática, fazer bordados de absoluta precisão, graças ao grupo de discos embutidos na máquina, que no comércio não possui nenhuma similar.

Entre as inúmeras vantagens da Vigorelli ZZ/A Robot, destaca-se a de poder trabalhar com uma ou duas agulhas, mediante a simples substituição da agulha normal pela agulha dupla, aproveitando-se sempre o mesmo conjunto de tensão especialmente criado para esse fim.

Neste livrinho, encontrarás as instruções para poder fazer os inúmeros trabalhos que a nossa máquina vos permite executar.

A imaginação da costureira poderá deliciar-se na criação de novas decorações.

Leia-o com atenção e estarás apta a realizar trabalhos de alto nível e do mais perfeito acabamento.


ADVERTÊNCIAS GERAIS

a) - O volante deve sempre virar na direção de quem trabalha.

b) - Quando a máquina está parada, o pezinho calcador do tecido dever ser conservado levantado.

c) Antes de por a máquina em movimento, observe se o tecido está na posição desejada.

d) Consulte sempre a tabela, para a escolha das agulhas e linhas adequadas ao tecido e ao trabalho que vai executar.

e) Deixe que o tecido deslize normalmente, impulsionado pela máquina, sem puxá-lo ou empurrá-lo, visto que, puxando o tecido, poderá ocasionar a quebra da agulha, arruinando também o furo da capa da agulha.

f) - A chapa corrediça da base deve ser conservada sempre fechada.

NOMEMCLATURA DAS PEÇAS EXTERNAS DO CABEÇOTE



1 - Chapa da agulha
2 - Chapa corrediça
3 - Pezinho Calcador
4 - Fixador da Agulha
5 - Lampada embutida
6 - Botão regulador da tensão
7 - Botão da barra do calcador
8 - Estica-fio articulado
9 - Botão passa-fio
10 - Tampa cobertura do cabeçote
11 - Botão de desengate do grupo de discos
12 - Sede do grupo de discos
13 - Pinos porta carretéis
14 - Botão para a mudança automática dos discos
15 - Enchedor da bobina
16 - Alavanca reguladora do comprimento do ponto
17 - Botão do zig-zag
18 - Botão para costura a direita ou a esquerda
19 - Botão para baixar os dentes impelentes
20 - Tensão do enchedor da bobina

COMO LIMPAR E LUBRIFICAR A  MÁQUINA




Retire a tampa-cobertura do cabeçote pressionando a alavanca (L),conforme indicado na Fig.1








A seguir coloque um pouco de querosene em
todos os furos de lubrificação, conforme indicado nas 

figuras 2, 3 e 4. 




























Feito isso, levante o pezinho e ponha a máquina em movimento, enxugue a querosene que porventura gotejar e lubrifique todos os pontos com óleo para Máquina de Costura. Para esta operação, nunca empregue outros lubrificantes, pois tendem a ficar condensados e endurecer os movimentos da máquina. 

Recomenda-se, antes de usar a máquina, após demorada inatividade, observar os seguintes cuidados:
- limpar os calcadores

- tirar de vez em quando a chapa da agulha (Fig. 5), para limpar a poeira que se acumula na parte inferior e no transportador, limpar bem com querosene a sede da caixa de bobina, lubrificando-a depois com óleo para máquina de costura.


COMO GIRAR LIVREMENTE O VOLANTINHO

Segurando o volantinho firmemente com a mão esquerda, vire com a mão direita o botão A (Fig. 6) na direção de quem costura (sentido da flecha).

Assim, o volantinho girará só, sem acionar o mecanismo de costura. Para voltar ao estado inicial, gire o botão em sentido contrário. 

Esta operação é necessária para encher  a bobina. 






AMOSTRA E TREINO
As máquinas VIGORELLI eram fornecidas com uma amostra de tecido, colocada na posição de costura, e com a linha enfiada.

Convém praticar um pouco o movimento de transporte, colocando um pedaço de tecido debaixo do pezinho calcador, abaixe levemente a alavanca B (Fig. 7), e ponha em movimento a máquina. O tecido será transportado para a frente, é fácil aprender a dirigi-la em linha reta ou curva. Mas nunca puxe ou empurre o tecido, manobra que pode causar a quebra da agulha.
Desejando mudar a direção da costura, fazendo um ângulo, pare o movimento da máquina, deixando a agulha no tecido, levante o pezinho calcador, acionando a alavanca B, vire o tecido na direção desejada e abaixe novamente o pezinho para retomar a costura.

Lembre-se que, colocar a máquina em movimento sem deixar o tecido debaixo do pezinho calcador, estraga-se tanto este como o transportador (dentes impelentes).

COMO ENCHER A BOBINA


Siga o passo a passo, conforme demonstrado na Fig. 8
Após desligar o volantinho conforme explicado anteriormente, coloque um carretel com linha no pino porta -carretel (1), 
conduza a linha através do gancho (2),
e do disco de tensão (3),
enfiando-a na bobina, previamente colocada no pino (4), por meio da abertura existente nas faces laterais da própria bobina.
Abaixe o gancho ligador (5), de modo que o anel de borracha encoste no volantinho.
Gire o volantinho por alguns momentos, com a mão, segurando com a outra a extremidade da linha que sai da bobina, corte essa extremidade, a fim de evitar o seu enroscamento no eixo enchedor.

Em seguida, ponha novamente em marcha o volantinho com o pedal, e continue até que a bobina esteja cheia de linha.
O enchedor, que é automático, desliga-se por si.

Não desejando encher completamente a bobina, deslique o enchedor, empurrando para cima a alavanca (5).

Feito isso, retire a bobina do pino e coloque-a dentro da caixa de bobina, como explicamos mais adiante.

Tenha o cuidado de nunca usar linhas lustrosas para a bobina.

COMO TIRAR A CAIXA DA BOBINA E A BOBINA

Vire o volantinho com a mão, na direção de quem trabalha, até que a agulha fique levantada ao ponto máximo, puxe para a esquerda a chapa corrediça, que se acha na mesa da máquina, levante a dobradiça da caixa de bobina (C) e retire o conjunto de porta bobina com a bobina. - Fig. 9





COMO COLOCAR A BOBINA NA CAIXA DE BOBINA



Coloque a bobina dentro da caixa de bobina, conforme Fig. 10, dendo o cuidado de colocá-la em posição tal que a linha se desenrole da esquerda para a direita.






Em seguida, faça passar o fio pela abertura na caixa da bobina, debaixo da mola de tensão, Fig 11 até chegar ao orifício existente na extremidade da mola  Fig. 12.







Mantendo a agulha levantada ao ponto máximo, coloque a caixa de bobina já preparada no pino central da lançadeira.
Comprimindo com o polegar, deve-se ouvir um pequeno estalo, e o biquinho da caixa de bobina deve estar na fenda apropriada, situada na chapa que suporta a lançadeira Fig 9 - Ind (C)

COMO TROCAR A AGULHA


Gire o volantinho no sentido de quem trabalha, até que a barra da agulha alcance o ponto máximo. Em seguida, afrouxe a borboleta do fixador da agulha Fig 13 - Ind. (G), e tire a agulha com a mão esquerda.

Coloque a nova agulha, de modo que a face plana do cabo da agulha fique do lado oposto a quem costura, empurre a mesma para cima e aperte novamente a borboleta do fixador de agulha. 

Ao usar agulha dupla convém notar que, estando montada na máquina e uma delas se quebrando, deve-se colocar uma nova agulha dupla.  Para obter  boa costura, é preciso ter o cuidado de escolher bem as agulhas, que devem ser adequadas às linhas e aos tecidos.

COMO ENFIAR A AGULHA

Depois de girar o volantinho na direção de quem trabalha, até que a barra da agulha fique levantada ao ponto máximo, coloque um carretel de linha no pino porta carretel e conduza a linha através das seguintes passagens, conforme Fig. 14:



1 - No furo do botão superior do cabeçote
2 - Atrás do disco grande da tensão
3 - No gancho da mola da tensão
4 - No furo superior do estica fio
5 - No gancho passa linha  externo da tampa cobertura
6 - No gancho passa fio interno
7 - No furo do torniquete fixador da agulha
8 - Através do orifício da agulha, deixando um pedaço de linha comprida (uns 10 centímetros), a fim de poder iniciar com facilidade a costura.


COMO ENFIAR UMA AGULHA DUPLA

No caso da agulha dupla, as  operações  já discriminadas aplicam-se  na mesma ordem para colocar o fio na agulha direita, para a agulha esquerda, as únicas variantes são estas:
No item 2, em vez de prender a linha atrás do disco grande, do tensor, prende-se na frente; e
no item 4, a linha prende-se no furo inferior do estica fio.

Veja também:
Modêlos da Vigorelli Robot
Parte 2 do Manual Em breve Parte 3 do manual.

10 comentários :

  1. Bela postagem, caprichou nos textos com informações.

    ResponderExcluir
  2. Interessante que a caixa de bobina desta Vigorelli é igual a Vigorelli e Elgin de costura reta. Bom sempre mencionar esta informação porque pode servir de ajuda para quem precisar comprar uma caixa de bobina como eu tive que comprar. O modelo da Caixa de Bobina Vigorelli/Elgin se parece com a Caixa de Bobina da Singer 15C, mas diferença entre os modelos é que a alavanca de encaixe na lançadeira é invertida da Vigorelli/Elgin costura reta em relação as Singer 15C. A princípio se encaixa, mas não funciona e fica solta, no meio caso a caixa de bobina da Singer colocado na Vigorelli se soltou. Ela não fica fixa de uma máquina para outra, por serem invertidos os encaixes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Elder, as bobinas e caixas de bobinas da Vigorelli e da Elgin são iguais. Exatamente isso em relação a Singer 15 C o pino que faz o encaixe da caixa de bobina é na posição invertida.

      Excluir
  3. Boa Noite Ivani,
    Tenho uma Vigorelli Robot 1969 de família, mas não tenho o manual. Gostei muito das suas publicações parte 1 e 2. Quando você vai postar a parte 3 do manual?
    Obrigada,
    Núbia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Núbia, fico feliz em saber que o manual está sendo útil e está podendo ajudar. Em breve estarei colocando a parte 3, estou terminando de preparar.
      Se você puder me envie uma foto da tua Robot para ivani.lovequilts(a) gmail.com
      Grata

      Excluir
  4. Boa tarde! Eu ainda estou pensando em comprar uma Vigorelli Robot ZZa para mim. Ela também caseia ou somente faz costura reta, zig zag e bordados?

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante o manual mandar pingar querosene nas partes internas da máquina de costura. Minha avó quando viva, me contou que para limpar a ferrugem das máquinas de costura de mão velhas e abandonadas(aquelas de manivela). O povo usava mergulhar as máquinas em latões com querosene. Precisaria pesquisar se o querosene não seria abrasivo sobre a pintura da máquina de costura no caso de mergulhar a máquina. Normalmente em veículos automotores e motos o querosene é usado para limpar partes mecânicas sujas e com crostas.

    ResponderExcluir
  6. Ola Ivani, fiquei muito feliz em encontrar o manual da Vigorelli Robot. Máquina que ganhei de minha mãe esses dias e fiz a lubrificação em casa. Gostaria de saber quando pretende publicar o restante do manual, pois a máquina quem vai usar é minha filha que esta muito interessada em aprender a costurar. Minha mãe deve ter o manual original, mas não sabe onde esta. Muito Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Márcia, puxa que preciosidade sua filha ganhou de tua mãe. Um tesouro a ser usado e guardado. ♥ Assim que eu tiver disponibilidade estarei publicando a terceira e ultima parta que fala sobre os acessórios da ROBOT. O mais importante do manual está nas partes 1 e 2. Abraços

      Excluir
  7. Espero ansioso pela 3ª parte do manual da Vigorelli Robot ZZa com seus acessórios.

    ResponderExcluir

Que bom que você vai deixar um comentário.
Seus comentários me incentivam e me fazem feliz.
É bom receber sua visita.
Obrigada!
Your comnents makes me happy. Thanks.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...