sábado, 8 de agosto de 2020

Mantinha ENTRELAÇADAS

Mantinha de colo feita com a técnica C2C (= Corner to Corner,  em inglês)  com o método de união imediato das partes

Para quem já conhece a técnica, é só ir fazendo as partes  unindo-as as peças que  já estão prontas.

Na técnica C2C são utilizados os seguintes pontos: Correntinha, Ponto Alto, Ponto Baixíssimo. 


Nesta série de  3 vídeos  ensino como fazer o C2C  montando o  padrão que se repete em toda a mantinha.



                                 

   Neste primeiro vídeo ensino como fazer a técnica C2C e  como fazer o 1º retângulo do Padrão.
                                
                                 
No 2º vídeo vamos fazer o 2º retângulo e o quadrado central do padrão unindo as partes

                                

No 3º e último vídeo da série, vamos fazer os dois últimos retângulos para completar o padrão.
No final do vídeo, incluí algumas considerações gerais, dicas e idéias para outras combinações de cores e lãs.

Material utilizado para fazer a mantinha: 

1 cor neutra e 2 cores com 2 tons  diferentes cada. 

cor neutra:   * Rayontex  cor Branco 80 grs  

170 grs das seguintes cores

2 tons de verde

 * Rayontex - cor Maresia 

 * Rayontex - cor Militar 

2 tons de azul

 * Rayontex - cor Marinho 

 * Filatino Fancy - cor D1304 Multicolorida 

Para o padrão ensinado nos vídeos usei sobras destas mesmas lãs.

*estas lãs são equivalentes a lã Mollet da Círculo, (tex e espessura )

Agulha de crochê 6mm ou 5.5mm 

Marcador plástico  (opcional)

Tesoura e agulha de tapeceiro para cortes e acabamentos.

Tamanho final da manta 1 metro X 1 metro, incluindo borda simples feita com 2 carreiras em Ponto Baixo.

O tamanho final poderá variar de acordo com a tensão de seu ponto, a lã e a agulha escolhida,  sendo altamente recomendado que seja feita uma amostra.

Trabalhe com a marca e espessura de lã da sua preferência, com agulha compatível,  seguindo o passo a passo e fazendo quantos padrões forem necessários para atingir a medida que você escolher para a sua Manta.

Escolha a combinação de cores que preferir e 1 cor neutra, que  poderá ser  branco, preto ou qualquer outra cor neutra. Ficará lindo!

O mesmo padrão poderá ser tecido com peças maiores ou menores, tendo mais  ou menos carreiras, de acordo com o tamanho final desejado para o padrão, conforme esquemas abaixo. Lembre-se é sua mantinha e você poderá fazer como desejar. 

Para a mantinha Entrelaçadas fiz 9  repetições do  padrão, sendo cada padrão formado por 1 quadrado central com 6 X 6 bloquinhos e 4 retângulos com 6 X 12 ou 12 X 6  bloquinhos. Tamanho final do padrão 33cm - usei agulha 6mm.

    Nota: No tutorial do Passo a Passo (3 vídeos acima) fiz um padrão menor (quadrado central tendo 4 X 4 bloquinhos e retângulos tendo 4 X 8 ou 8 X 4 bloquinhos na base). Tamanho final do padrão do Passo a Passo 24cm usei agulha 5,5mm 

               

   IMPORTANTE: faça sempre com quantidade par de bloquinhos,   para seguir a  sequência do Passo a Passo. Note que o lado mais comprido dos retângulos A, B, D e E equivale exatamente a 2 vezes a largura/altura do quadrado.

AMOSTRA: Faça um quadrado com 4 X 4 blocos ou 6 X 6 blocos para sentir a maciez e checar o tamanho, podendo então calcular o tamanho final do padrão e quantos padrões serão necessários para o tamanho do trabalho que pretende fazer.

Siga o tutorial e faça uma mantinha que poderá ser usada no sofá ou feita como um presente para alguém especial. Relaxe aprendendo uma nova técnica que irá te surpreender pela simplicidade,  resultando em uma manta com interessante efeito visual. 

Outros trabalhos sugeridos: almofada, colcha, tapete, passadeira, enfim use e abuse da sua criatividade. 

Eu adorei o resultado final, a mantinha  ficou linda e muito macia!

 

Aproveito para deixar aqui um convite.
Se você faz crochê, ou tricô conheça este projeto maravilhoso
QUADRADINHOS DE AMOR , trata-se de um projeto de voluntariado no qual fazemos mantinhas de colo para aquecer o corpo e o coração de idosos residentes em asilos.  Participe!

Bons Pontinhos!


domingo, 17 de maio de 2020

COMO RESOLVER PROBLEMAS - Máquina de Costura Vigorelli

A maioria dos casos que parecem ser defeitos técnicos, são na verdade solucionados com simples regulagens e checagens que você mesmo poderá fazer na sua máquina de costura.

1 - MÁQUINA DURA BLOQUEADA OU BARULHENTA
Não se assuste a solução é super simples
a) Pode ter linha enroscada na caixa da lançadeira
Este problema pode ocorrer por ser a máquina usada sem tecido debaixo do calcador, ou por ter começado a costura de forma errada.
A solução é retirar os pedaços de linhas e fiapos que estejam enrroscados na lançadeira. - Veja Limpeza e Lubrificação.

b) A Caixa de Bobina foi mal colocada
Solução: recoloque corretamente - Veja Caixa de Bobina

c) Falta de lubrificação
Solução: lubrifique sua máquina de costura periodicamente - Veja  Limpeza e Lubrificação

2 - A LINHA SUPERIOR ARREBENTA
a) a linha foi passada de forma errada
Solução: confira passo a passo a forma correta de passar a linha na máquina - Veja Colocação da Linha 

b) Tensão da linha superior muito apertada
Solução: solte um pouco a tensão, girando o botão para um número maior - Veja Ajuste de Tensão

c) A agulha foi colocada de maneira errada
Solução: acerte a posição da agulha - Veja Agulhas para máquina

d) A agulha está torta
Solução: troque por uma agulha nova - Veja Agulhas para máquina

e) A linha é inadequada para a agulha ou para o tecido. Linha muito grossa.
Solução: escolha uma linha mais fina ou use uma agulha mais grossa.

f) A linha está enroscada no pino do carretel ou em qualquer outra parte do percurso por onde a linha tem que passar.
Solução: desenrosque a linha e passe-a novamente de forma correta.- Veja como passar a linha na máquina

3- A LINHA INFERIOR ARREBENTA

a) A linha da bobina foi mal enrolada.
Solução: Encha uma outra bobina - Veja como encher a Bobina

b) A bobina está muito cheia
Solução: não encha muito a bobina - Veja como encher a Bobina

c) A linha foi passada de forma errada na Caixa da Bobina - Veja como passar a linha de baixo

d) A tensão da caixa de bobina está muito apertada - é raro isto acontecer, mas pode acontecer as vezes. 
Solução desaperte um tiquinho a tensão da caixa de bobina soltando o parafuso, apenas um pouquinho.

e) A caixa de bobina ou a mola de tensão da caixa está quebrada.
Solução: troque por uma nova caixa de bobina

4- A AGULHA QUEBRA
a) A agulha está torta ou defeituosa
Solução: toque por uma agulha nova

b) O tecido a ser costura é muito grosso para a Agulha fina.
Solução: Troque por uma agulha mais grossa - Veja Agulhas para Máquina de Costura

c) O tecido está sendo puxado pela costureira
Deixe que a máquina transporte sozinha. Use as mãos apenas para guiar o tecido, não para puxá-lo.

d) A Agulha não encaixa até o fim ou solta da barra 
Solução: Na colocação da agulha, force-a até o limite superior da barra e aperte bem o parafuso fixador da agulha.

e) Colocação errada da agulha
Solução: recoloque a agulha de forma correta - Veja colocação da agulha

5- FALHA DO PONTO ou COSTURA IRREGULAR
a) A agulha está sem ponta ou foi colocada errada
Solução: troque a agulha e verifique a maneira correta de colocar a agulha - Veja

b) A agulha ou a linha não são adequadas para o tipo de tecido
Solução: utilize uma agulha e um tipo de linha adequado ao tecido - Veja

c) A tensão superior da linha está fraca
Solução: Ajuste a tensão da linha, girando o botão para um número menor - Veja

d) A linha foi mal passada
Solução: Verifique o passo a passo da colocação da linha na máquina - Veja

e) A bobina não foi enchida corretamente
Solução: Encha uma nova bobina de forma uniforme e sem encher muito - Leia Aqui, como fazer.

6 - A COSTURA ESTA FRANZIDA
a) A tensão da linha está muito apertada
Solução diminua a tensão girando o botão para um número mais alto - Leia AQUI como fazer.

b) O ponto está muito comprido
Solução: Ajuste o comprimento do ponto

c) A agulha está torta ou sem ponta
Solução: Troque por uma agulha nova

d) A linha é muito grossa
Solução: escolha uma linha adequada para o tecido e agulha que você está usando

e) A linha foi passada de forma incorreta
Solução: Passe corretamente a linha revisando todos os passos da colocação. Leia AQUI como fazer.

7 - O TECIDO NAO É TRANSPORTADO
a) Tem sujeira entre os Dentes Impelentes e a Chapa da Agulha
Solução:  Limpe com uma escovinha os vãos dos dentes impelentes

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Quadradinhos de Amor São Paulo - Vila Vicentina

06/12/2019 Foi dia de Entrega de Mantinhas do projeto 
Quadradinhos de Amor São Paulo.

O dia estava cinza e chuvoso. Chegamos lá debaixo de forte chuva. Nada nos impediria de levar nosso carinho aos 48 internos do Lar Santo Afonso Maria de Ligório, mais conhecido em Caldas como Vila Vicentina.




Foi muito especial para mim, fazer esta entrega. Pude contar com a participação da filha Daniela e marido, que foram nossos fotógrafos oficiais e da amiga e também voluntária do projeto Acássia Melo.
A Paula, responsável pelo asilo, nos recebeu com muito carinho e ficou emocionada quando entreguei a cartinha agradecendo pela oportunidade,ela fez questão de dizer que ela é que agradecia por termos escolhido o Lar Santo Afonso para presentar. 
Ela e a enfermeira que estava no momento cuidando dos idosos repetiram várias vezes que as mantinhas eram lindas: "todas são tão lindas!! ", "que trabalho maravilhoso!!!".


Teve muita conversa, muitos sorrisos e muita emoção.

Quando terminamos a entrega fomos surpreendidas com um carinho especial.
Um dos internos, Sr. Cipriano veio até nós e fez um agradecimento em nome de todos e o TKR, o cantor da turma, cantou para nós.



Agradeço a todas as voluntárias que colaboraram doando lãs ou enviando quadradinhos, mantinhas e cachecóis. 

Agradeço principalmente a Juliane Pugliese que sempre nos tem apoiado e incentivado. 
Acássia foi uma alegria participar com você desta entrega. Sucesso absoluto.


Entre tantas mantinhas lindas e tecidas com tanto carinho, estas foram as que eu montei a partir de quadradinhos enviados por outras voluntárias.




1 - Mantinha Squares in a Square montada a partir de 4 quadradinhos doados ao projeto na loja AmiMundi

2 - Quadradinhos feitos por Acássia Melo, outros doados na AmiMundi e outros feitos por mim.

3 - 4 e 5 Quadradinhos feitos por Marli Ramires.

6 - Quadradinhos verdes com flor doados na loja AmiMundi.

E esta que fiz inteira:






No final da história, a chuva foi é de bençãos, e voltamos pra casa com aquela sensação maravilhosa de
Missão cumprida! 


Se você faz crochê ou tricô e gostaria de participar do projeto Quadradinhos de Amor São Paulo, clique AQUI para encontrar mais informações.

Aceitamos doações de lãs que serão usados para a montagem ou confecção de mantinhas e cachecóis.

domingo, 15 de setembro de 2019

Entregas de Mantinhas

Durante o mês de Agosto pude vivenciar momentos muito especiais durante as entregas de mantinhas tecidas em crochê e trico em 3 instituições que abrigam idosos.

05-08-2019
ASILO VINHA DO SENHOR 
Poços de Caldas - MG

29 mantinhas entregues


Sobre esta entrega, eu poderia dizer muitas coisas. Foi uma experiência maravilhosa. Voltei pra casa com um misto de emoções, pensando em cada um que vive lá, na emoção de fazer a primeira entrega justamente para uma senhorinha de 74 anos, cujo nome é Olga, o nome da minha mãe. De ter recebido abraços e de ter dado abraços de gratidão. De ver sorrisos nos rostos e olhares que diziam "Obrigado pelo presente, que surpresa boa! você me fez feliz. Deus abençoe." De ver pessoas realmente emocionadas e agradecidas. De ouvir do diretor da instituição e de outros funcionários elogios pelo lindo trabalho deste projeto.
Foi marcante. 







07/08/2019
ASILO N. Sra. DE LOURDES

Águas da Prata - SP
23 mantinhas entregues



Pegamos novamente a estrada, desta vez em direção a Águas da Prata- SP. 

Lá chegando fomos recebidas pela Presidente voluntária da casa Sra. Maria José que nos levou para a sala onde alguns idosos estavam e onde a maioria das entregas aconteceram. A primeira entrega foi para um senhor super lúcido e simpático que em Outubro próximo completará 102 anos, claro que pedi um abraço pra ele, e perguntei, qual é o segredo ao que ele respondeu: Muito trabalho! (fica a dica).
Todas as entregas transcorreram de forma alegre e descontraída. Uma senhora que aguardava disse que a dela era a mais linda, e quando contei que a mantinha dela tinha vindo do Rio de Janeiro, ela começou a chorar de emoção. Falei que não era pra ela chorar e ela respondeu que era de alegria, mas quando soube que quem tinha feito se chamava Maria ficou mais emociona ainda, pois ela também se chama Maria. Teve outra Senhora que não acreditava que o presente era pra ela e perguntou: Mas é pra mim mesmo???
Ouvi muitos elogios quanto a beleza das mantinhas e comentários sobre a maciez, não só de quem recebeu mas também dos trabalhadores da casa. Todos agradeceram muito, além do "muito obrigada, eu gostei muito" também diziam "Deus abençoe." agradecendo pelo presente. Alguns dos homens acharam que a mantinha será perfeita para quando eles estiverem assistindo as partidas de futebol pela TV. E fizemos muitas brincadeiras sobre futebol. Foi muito divertido!
Nem preciso dizer que saí de lá muito feliz e agradecida por mais esta oportunidade de fazer estas entregas levando carinho para todos. 







16/08/2019
Asilo Vila Vicentina Elvira Dias
Poços de Caldas - MG

31 mantinhas entregues

Desta vez minha amiga e voluntária Claudia Larosa também participou.
Cada entrega é única. Foram muitos sorrisos, olhares e expressões de gratidão. Muitos elogios para o projeto.
Voltei pra casa com o coração transbordando de felicidade com tanta demonstração de carinho recebida. Faço tão pouco e recebo infinitamente mais. Foi maravilhoso. 





Só posso  agradecer  a Juliane, coordenadora do projeto, por vivenciar tudo isto, representando o projeto Quadradinhos de Amor São Paulo. 
Revendo as fotos ainda me emociono lembrando dos detalhes.
Meu desejo era que todas que colaboraram soubessem que cada quadradinho de amor pode sim fazer a diferença na vida de pessoas que precisam tanto de carinho e que as mantinhas aquecem realmente o corpo e a alma de quem as recebe.
Mais do que ter sido um prazer representar o projeto, foi uma benção em minha vida.

Gratidão!


Para saber mais sobre o projeto Quadradinhos de Amor São Paulo, clique AQUI 

domingo, 4 de agosto de 2019

Crochê "mode on"


Friendship Star com fio Balloon - Pingouin
Durante  este último ano, fiz algumas, poucas até,  mantinhas em crochê para o projeto Quadradinhos de Amor São Paulo, coordenado lindamente pela amiga Juliane.


Mitered Granny Squares - Fio Amore Baby - Circulo

Sempre que sobrava um tempinho, quando eu tinha
Fio Cristal e Fio Ballonn - Pingouin
material ou quando estava mais friozinho, aqui onde moro a temperatura é amena até no verão, lá estava eu crochetando.




Quadrados dentro do quadrado - Fio Mollet - Círculo









Nine Patch com o o Logo do Projeto - Fios Nina e Carinho - Pingouin

Dança dos quadrados - Fio Nina - Pingouin










Fio Batik - Circulo e  Fio Nina - Pingouin













Fios Mollet e Amiga - Círculo


Esta última foi feita a 4 mãos com a Amiga Débora, que ao mudar para Portugal me enviou os Quadradinhos e as lãs. Foi um prazer unir os granny squares e tecer esta mantinha.


Enquanto isso, e por morar longe,  acompanhava pela internet as reuniões das voluntárias e as entregas realizadas.
Entregas de 2 mantinhas feitas por mim no Asilo São Vicente de Paulo em Ouro Fino - MG

Ficava morrendo de vontade de participar dos encontros e  sempre me emocionava vendo  as fotos das entregas.


As meninas trabalharam muito, e fizeram mantinhas lindas todas carregadas de muito carinho. Só este ano, até o momento,  foram entregues cerca de 400 mantinhas em 9 instituições, da capital paulista, grande São Paulo, interior do estado e Sul de Minas Gerais.

Minha intensão era entregar pessoalmente ao projeto as mantinhas que fiz,  em um encontro, mas de repente surgiu a oportunidade de ajudar ao projeto fazendo entregas na região onde moro, na verdade o projeto é que me ajudou a tornar isto possível.

No inverno as temperaturas por aqui despencam e são muitos dias  com temperaturas  realmente muito baixas, inclusive com formação de geadas. A idéia era conseguir mantinhas para 2 instituições da região.

Conversei com a Juliane e tendo a aprovação dela, pedi ajuda no grupo das voluntárias. Outras amigas também ficaram sabendo e se prontificaram em me enviar mantinhas e granny squares


Vocês não vão acreditar. As meninas se mobilizaram, acionei uma amiga fora do grupo, a Maria Alice que nos ajudou muito e assim, como eu tinha um compromisso em São Paulo dia 20 de Julho e íamos nos encontrar ela trouxe pra mim todo material que Elisangela, Mirian e Carmen entregaram na casa dela. 
Foi uma verdadeira maratona do bem. 
Minha amiga Cleide  também me entregou uma linda mantinha feita por sua mãe dna. Guiomar. 
Com Maria Alice e Carmelita
No Domingo já voltando para casa com o carro lotado, tive a alegria de encontrar e passar algumas horas preciosas com a Carmelita, e mais 19 mantinhas entraram no carro. De lá ainda passei na portaria do prédio da Juliane, onde mais 7 mantinhas estavam me esperando. 
Meu carro veio estrada a fora transbordando amor.♥
Ainda nos dias seguintes recebi mais 4 mantinhas feitas por Maria, 1 por Marisa, 2 por Marly e 1 por Augusta. E o coração fica transbordando de gratidão.

Com os Granny Squares e doações de lãs recebidas

 montei outras 4 mantinhas:
48 granny squares doados foram utilizados na montagem destas 4 mantinhas

e, ainda tenho material para a montagem de outras, seguirei fazendo a união dos quadradinhos recebidos.
Consegui agendar uma entrega amanhã no Asilo Vinha do Senhor em Poços de Caldas, e espero que ainda no decorrer desta semana, eu consiga realizar  entregas em outras 2  instituições. ♥♥♥



Quer saber mais sobre o projeto Quadradinhos de Amor São Paulo?  Clique aqui para visitar a página no Facebook.


Assista esta vídeo aula para ver como eu fiz o Quadradinhos da Vovó em 2 cores formando Half Square Triangles, da mantinha Friendship Star



sexta-feira, 31 de maio de 2019

Manual de Instruções - VIGORELLI ROBOT ZZA - parte 3

ACESSÓRIOS E COMO USÁ-LOS

CHAPA DA AGULHA PARA BORDAR  tipo 966

A primeira coisa a ser feita é remover o pé calcador, soltando o parafuso que o segura a barra. 


Abaixe o nível dos dentes impelentes virando o botão R da esquerda para a direita, dessa forma o seu movimento fica anulado.  Fig. 26


Aconselha-se colocar o botão regulador do ponto no 0 (zero).


Substitua a chapa da agulha normal pela chapa para bordado ela é lisa, plana e só tem um furo por onde passa a agulha. 
- Fig.27
Faça isso apenas se uma considerável quantidade de bordado for feita, do contrario a chapa normal poderá ser usada. 

É aconselhável um bom treino para conseguir bordados satisfatórios.




COMO COSTURAR RETO
                                      Baixando o pézinho comum, coloque a guia, 

fixando-a com o parafuso. Dessa forma costura-se paralelamente às bordas do tecido.




PEZINHO PARA ACOLCHOAR Tipo 960

Permite costurar em linhas com distâncias iguais e fazer quilting reto, sem a necessidade de fazer marcações. 

PEZINHO PARA CERZIR Tipo Darning 969


Qualquer trabalho de  cerzir e remendar pode ser facilmente feito com este pezinho especial.

OBS: é também muito usado hoje em dia para fazer quilting livre.

PEZINHOS OPCIONAISVendidos separadamente, poderiam ser encontrados em lojas concessionárias da Vigorelli.

PARA NERVURAS  - Pezinhos Tipo 985 e 987  e respectivas chapinhas -  989 e 990


 Abra a chapa corrediça, coloque a barbatana especial  encaixando no buraco da chapa  da agulha (E). Abaixe o acessório e fechando a chapa corrediça deixe a chapinha, com as 2 extremidades presas  sob a chapa corrediça, fixando-o no local (F).




Instale a agulha dupla do tamanho desejado.
Troque o pezinho calcador normal pelo de nervura
E use somente ponto reto.






PARA BAINHA - Tipo 961
Dobre a borda do tecido e introduza na lingueta espiral do pezinho. Abaixe o pé calcador e comece a costurar, guiando o material para obter uma costura reta e bainha perfeita.




PARA ASSENTAR SOBRECOSTURA - Tipo 962




O formato deste pezinho é parecido com o tipo 961, porém  sem a lingueta espiral.






Usado para unir dois pedaços de material com uma extra e forte costura. 

Como mostram as figuras 34 e 35.






PARA FAZER CASAS DE BOTÕES - Tipo 1063

Utilize o pé calcador mostrado na figura 36

A máquina precisará ser ajustada da seguinte maneira:
Reduza o tamanho do ponto para quase 0, ajuste também o tamanho do zig-zag para aproximadamente 1,5mm.


Faça a primeira parte, rode o trabalho.
Aumente a largura do ponto zig-zag para 3mm faça de 4 a 5 pontos.

Mude novamente a regulagem do tamanho do ponto para 1,5 e repita o todo o processo , conforme mostra a figura 37.


PARA APLICAÇÃO DE CORDONÊ - Tipo 963

permite bordados ornamentais de grande efeito.

Passe o cordonê no furo do pé calcador. Ajuste a largura do ponto zig-zag de maneira que os pontos cubram completamente o cordonê.


PARA PREGAR BOTÕES -  Tipo 964



Ao executar esta aplicação é necessário que o botão regulador do tamanho do ponto  esteja no zero para anular a ação dos dentes impelentes. 
A tensão da linha deve ser normal
Coloca-se o botão no lugar em que deverá ser pregado, abaixa-se a barra do calcador e regula-se  o ponto Zig-Zag de modo que a agulha passe nos furos do botão e inicia-se a costura.
Se o botão tiver 4 furos , quando o primeiro par de furos estiver preso o material deverá ser conduzido de forma que a agulha fique alinhada com o segundo par de furos.
Terminada a colocação  é aconselhável costurar-se em um só furo por 3 ou 4 pontos, evitando assim que o botão se solte com facilidade.

                                FIM 

Veja também:
Modêlos da Vigorelli Robot
Parte 1 do Manual da Robot ZZ/A
Parte 2 do Manual da Robot ZZ/A




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...